Quadro de Mérito

Quadro de Mérito

Tendo o VOX LACI uma preocupação com a formação, educação e motivação dos seus coristas, sendo que o primeiro dever de quem frequenta a escola é o dever de estudar e de dar o seu melhor (que é bem diferente do que ser melhor que os outros!), queremos dar mais um incentivo neste caminho que cada corista percorre em paralelo com a sua actividade no VOX LACI.

O Quadro de Mérito é constituído pelos Coristas VOX LACI no Activo, que frequentem entre o 5º ao 12º Ano e que obtenham média igual ou superior no 1º periodo de 3,75 (de 0 a 5) e 15 (de 0 a 20) e no 2ºPeriodo (média igual ou superior 4 (de 0 a 5) e 16 (de 0 a 20) ,sem nenhuma negativa e assiduidade superior a 80% em todos meses do último trimestre. A Direcção oferecerá um jantar ou almoço a todos os Coristas do Quadro de Mérito, num restaurante local.

Com este Quadro de Mérito queremos promover a regularidade e o desenvolvimento intelectual dos nossos coristas.

Bolsa 17

É destinado a todos os Coristas VOX LACI no Activo há mais de 2 anos, que frequentem 12º Ano, obtenham média igual ou superior a 17 Valores no 3ºPeriodo com uma assiduidade igual ou superior a 85% em cada mês do ano lectivo (Set-Jun). Ao valor será adicionado mais 15€ por cada ano sem interrupções no VoxLaci.

A uma assiduidade de 100% nos ensaios e actuações em todos os meses do ano lectivo (Set-Jun) será acrescido um bónus de 100€.

Formula: (Media 3º Período x 10€) + (nº anos VOX LACI x 15€) = BOLSA 17

Isto significa que obtendo uma média de 17 valores (e taxa assiduidade) será no mínimo de 170€!

Ex: Corista A tem 17,8 com 4 anos VOXLACI (17,8 x 10€) + (4x 15€) = 238€

O Cheque BOLSA 17 será oferecido no Concerto em Junho sendo convertido em VoxCredit no pagamento de Anuidades do próprio.

Bolsa17
De Mãos Dadas

De Mãos Dadas

Num tempo em que a sociedade olha com indiferença para os mais velhos e onde muitos são remetidos para lugares de esquecimento, seja em casa, em hospitais ou em lares, o projecto “De mãos dadas” vai aos lares e centros de dia promover o encontro entre “avós” e “netos”, através da música, retirando benefícios para ambas as gerações.

É precisamente na troca de sorrisos, canções e histórias entre “avós” e “netos”, lembrando canções e memórias de tempos passados, valorizando a sabedoria e a experiência dos “avós” e a infância e a inocência dos mais novos, que se pretende proporcionar momentos de alegria e ternura através da música e ajudar a combater a solidão dos “avós”.

Notas

Este projecto é aberto a todos os lares e centros de dia do Concelho de Cascais e Oeiras, que deverão enviar um pedido de actuação para o info@voxlaci.com

As actuações de cerca de 20-25 minutos serão feitas pelo Coro VoxPueri, constituído por crianças dos 3 aos 9/10 anos, com repertório trabalhado nos ensaios.

As actuações deverão ser feitas num recinto fechado (sala), de modo a minimizar o transporte de equipamento de som.

Apenas serão agendadas no máximo 2 actuações por mês.

Pedimos que seja proporcionado um lanche para os pequenos coristas do VoxPueri e que um dos avós conte uma história às crianças.

Pedimos aos lares uma doação (no montante que julgarem conveniente) para ajudar a manter este projecto.

Veja aqui alguns vídeos:

https://www.youtube.com/watch?v=VRbTjY2aomk&index=1&list=PLUyoOGtLDc_ZtvYIBke7TWQPO_XtYRKIv

VoxFrater

Vivemos numa sociedade e procuramos através da música coral ter um papel activo, solidário e fraterno.

Este projecto chamado VOX FRATER ( VoxLaci Fraterno) , tem duas vertentes: uma de apoio social no terreno; outra de apoio financeiro.

Objetivo

Envolver 3 coros Vox Laci (coro adulto, coro juvenil e o coro infantil) em acções de solidariedade com a sociedade (ex:instituições como lares de 3ª idade, creches, infantários, hospitais, bombeiros voluntários, etc..).

Razões do projecto
  • A consciência dos tempos actuais
  • Maior solidariedade
  • Vontade dos coristas Vox Laci para uma contribuição activa na comunidade
Normas
  • Este Projecto deve ter a participação de todos os elementos dos 3 coros.
  • As acções terão início em Setembro e terminarão em Julho ( no concerto de solidariedade).
  • Não são consideradas acções de solidariedade no apoio a familiares (quer estejam em casa ou em instituições).
  • Deverão ser formados grupos com o mínimo de 3 e máximo 6 coristas.
  • Cada grupo deverá escolher a instituição, ter um nome , eleger um líder e um porta-voz.
  • Cada grupo pode ser formado por coristas dos diferentes coros.
  • Os grupos não podem ser constituídos por familiares.
  • A periodicidade das acções deve ter um mínimo de 4 horas por cada mês devendo ser preferencialmente semanais, num total de 40 horas do projecto.
  • Todos os projectos serão expostos durante o concerto de solidariedade.
Avaliação
  • Os trabalhos do projecto VOX FRATER serão avaliados por um Júri de cinco elementos
  • Cada grupo deve apresentar um diário com as suas reflexões sobre a actividade desenvolvida
  • Cada grupo deve fazer uma apresentação do seu projecto de solidariedade para ser exposto no átrio da entrada do Concerto de Solidariedade
  • A avaliação será feita na semana anterior ao Concerto de Solidariedade através da documentação enviada pelos grupos
Prémio
  • No Concerto de Solidariedade serão apresentados os 3 melhores projectos.
  • Aos três primeiros classificados será atribuído um único prémio a todos os elementos dos grupos.
  • O prémio será um fim-de-semana em APA num hotel em Portugal Continental com todos os elementos dos 3 grupos.
  • O prémio será usufruído no fim-se-semana seguinte ao do Concerto de Solidariedade.

Com muitas mãos se constrói uma casa e com muitos corações se constrói um coro.

A partir de Dezembro de 2009, todos os nossos concertos pagos (esperando que sejam muitos) doamos uma percentagem para instituições de solidariedade, mais precisamente de 500€ (em géneros duradouros) por concerto.

VoxFrater
Encontros Surpresa

Encontros Surpresa

Consiste em trazer pessoas que pelo seu mérito nos inspiram e que são exemplos nas diferentes áreas da sociedade. Aparecerão de surpresa nos ensaios.

Veja aqui as fotos

Coros nas Escolas

Para haver bons coros, tem de haver primeiro bons músicos! E um bom músico faz-se com o tempo. Seguindo esta filosofia, devem se dar a oportunidade às crianças e jovens de desenvolver o seu ouvido e dar bom uso às suas cordas vocais. Neste sentido apresentamos este projecto, de modo a que as escolas possam ter o seu coro, dirigidos por um pedagogo e maestro experiente. Tem por objectivo ensinar repertório, apurar o seu gosto e desenvolver capacidades mentais e espirituais, saber estar em grupo e respeitar o outro e respeitar hierarquias. Será também ensinado formação musical e técnica vocal.

Cada coro terá 2 a 3 actuações anuais (Natal e Final de Ano Lectivo, mais tarde também Páscoa) inseridas nas actividades da Escola.

Material necessário
  • Sala com tamanho suficiente e ampla (de preferência sem mesas)
  • Cada corista deve ter um Dossier preto A4
  • Horários dos Ensaios: A combinar com cada escola
Coros com 1 ensaio p/semana

a) 1ª+2ª Classe (45m)
b) 3ª+4ª Classe (60m)
c) 5º ao12º Ano(60m/90m)

Condições
  • 500 Euros mensais por cada coro criado
  • a falta de assiduidade dos alunos implica a não participação nas actuações
  • cada aluno deverá pagar uma trimestralidade (ex: 25 Euros) de modo a criar um vínculo e não desistir à primeira dificuldade

Por razões de compatibilidade de horários, daremos prioridade às escolas por ordem de chegada.

Contactos

Director do projecto “Coros nas Escolas” : Maestro Myguel Santos e Castro
info@voxlaci.com

Coros nas Escolas

Pin It on Pinterest

Share This